Quão multilingue é a sua sala de aula ou organização?

Já alguma vez colocou a questão sobre quão multilingue é a sua sala de aula ou organização? Frequentemente, há muitas mais línguas presentes numa sala de aula, num local de trabalho ou numa associação do que seria de esperar. Esta situação pode explicar-se por múltiplas razões: os seus alunos ou colegas podem falar uma outra língua em casa ou têm outras línguas de origem; podem ter vivido ou trabalhado noutros países; ou podem simplesmente ter aprendido outras línguas em contexto de educação formal e informal.
Estima-se que haja mais de 225 línguas nativas na Europa, sem contar com as línguas que foram introduzidas no continente através da migração. 

Para o Dia Europeu das Línguas 2018, convidamos os estabelecimentos escolares, os locais de trabalho, as associações e, com efeito, todas as organizações ou pessoas a título individual a apresentarem as suas línguas. Através desta iniciativa, desejamos valorizar o multilinguismo da Europa de hoje e descobrir quais são as salas de aula e os locais de trabalho mais ricos em línguas no continente.
 

A participação pode ser feita através de qualquer meio criativo que demonstre até que ponto a sua sala de aula ou organização é multilingue. A título de exemplo, é possível utilizar um vídeo curto ou um registo áudio (com 30 segundos, no máximo), um cartaz, um texto criativo ou uma canção que demonstre as competências linguísticas – com efeito, tudo é possível! Uma vez que 2018 é o Ano Europeu do Património Cultural, gostaríamos também de receber contributos sobre as formas inovadoras de descobrir e de apresentar outras culturas na sua escola, no seu local de estudo ou de trabalho. 

Até 10 de outubro 2018, contamos poder identificar as salas de aula e os locais de trabalho mais multilingues e interculturais da Europa.

(Todos os participantes na iniciativa receberão um certificado de participação)

(Open from 10th September until 10th October)